Omeprazol e demência ?

Um tipo popular de medicação usada para azia e má digestão por milhões de pessoas no mundo pode elevar o risco de demência em 44%. Preocupante ? Muito…

O estudo conduzido pelo Centro Alemão de doenças neurodegenerativas descobriu que pessoas com mais de 75 anos que regularmente tomam inibidores de bomba de prótons tinham um risco aumentado da doença. Dentre estas medicações conhecidas no Brasil estão os populares Omeprazol e losec, dentre outras. 

A pesquisa foi baseada em dados de seguro saúde de mais de 74.000 pessoas, maiores de 75 anos, entre os anos de 2004 e 2011.

A pesquisa identificou neste grupo, 29.510 pessoas que desenvolveram demência no período. O que chamou atenção dos pesquisadores foi o fato de entre os 2950 que regularmente utilizaram o IBP, uma proporção maior tinha demência com um risco total de 44% maior do que aqueles que não tomaram.

O estudo, publicado no JAMA Neurology, somente pode apontar significância estatística entre as medicações e o risco de demência. Não foram explorados possíveis causas biológicas ou mecanismos de disparo que deverão ser investigado no futuro.

Um estudo separado feito pela Universidade de Stanford nos EUA em 2015, também demonstrou uma possível ligação entre os inibidores e ataques cardíacos. Embora as pesquisas apontem para um relação negativa destas drogas, é importante notar que todas foram aprovadas para venda e uso e só devem ser suspensas após novos estudos.

Você. Sempre saudável.

Dr. Mauro Physicia Medicina Preventiva.

 

Enviado do meu iPad

Sobre as vacinas e a Síndrome de Down

 

Novo estudo publicado pelo periódico Vacinne em 2014 apontou que não há ligação de causa – efeito entre as vacinas contra catapora, sarampo e rubéola (também conhecida por aqui como Tríplice Viral) e a Síndrome de Down. Interessante notar que este estudo foi realizado em crianças com elevado risco de desenvolverem Autismo. 

Ainda que numerosos estudos tenham -claramente demonstrado – que vacinas não causam autismo, muitos pais e tutores ainda acreditam na lenda que vacinas e autismo são relacionados, escolhendo não vacinarem suas crianças.

Eu prometi a mim mesmo que não iria falar mas, seria de bom tom que estes país fossem responsabilizados civil e criminalmente por esta escolha. Porque ? Bem, porquê além de colocarem em risco a saúde e a vida de suas próprias crianças também colocam em risco a vida de outras . Simplesmente desrespeitam o senso comum e as orientações da comunidade científica nacional e internacional. 

Mas voltando ao estudo, os pesquisadores examinaram registros de saúde e de vacinação de aproximadamente 96.000 crianças e seus irmãos mais velhos. Os pesquisadores descobriram que não havia qualquer ligação entre a vacinação com a Triplice Viral e o desenvolvimento do autismo, até mesmo nas crianças com risco elevado de desenvolvimento desta condição em função de seus irmãos e/ou irmãs mais velhas terem sido diagnosticadas com esta doença.  Como ponto de esclarecimento, outros estudos já determinaram que , ter um irmão mais velho com autismo, é fator de risco para o desenvolvimento desta condição.

O objetivo por trás deste estudo foi justamente olhar este grupo de crianças que é particularmente afetada pela crença de seus pais que tem outros filhos portadores de Down. De acordo com os pesquisadores, estes pais, são mais suscetíveis a não vacinarem seus filhos por acreditarem que a vacina contribui para o autismo.

Outros dados e estudos corroboram o que é real ; em 2012 uma revisão de pesquisas similares feita pela Cochrane Library – incluindo 15 milhões de crianças – não encontrou qualquer relação entre vacinação e autismo. Em 2014, o periódico Pediatrics revisou 67 estudos sobre o assunto e chegou à conclusão semelhante : não há como a vacina causar autismo.

THomas Frazier, diretor médico do Centro Especializado em Autismo da renomada Cleveland Clinic, explica que o problema não é a falta de dados ou estudos e sim uma questão psicológica que nem outra centena de estudos poderia mudar ; os pais relacionam as vacinas ao autismo em parte porque os sintomas e sinais deste começam a aparecer na mesma época que as crianças começam a serem vacinadas. Daí, é um passo para o fim. 

Como dizia A. Einstein, é mais fácil dividir um átomo do que quebrar um pré-conceito. Infelizmente não vacinar os filhos passa longe de ser um problema de dados ou de informação; é simplesmente medo.

 

.live happy

.to live long.

 

 

Mauro Jr.

Seu Cérebro

**Beleza & Gordura**

Recentemente, a premiada revista americana Time Magazine, publicou em sua capa um lindo pedaço de manteiga e afirmou que a gordura não é tão vilã como pensávamos.

Isto está correto ? Você deve voltar a comer gordura ?

Bem, aderir a uma alimentação “livre de gordura” parecia a forma mais efetiva e segura para perder peso; afinal 1g de gordura contém 9 calorias enquanto que carboidratos e proteínas possuem apenas 4g.
Deixando a discussão sobre beleza e corpo físico de lado, o autor David Perlmutter escreveu “Grain Brain” faz um contra-ponto que as dietas atuais ricas em carboidratos e pobres em gordura podem ser desfavoráveis ao nosso cérebro; afinal, nada menos que 60% dele é composto de gorduras diversas.

Pesquisadores da Mayo Clinic identificaram que indivíduos que favorecem o carboidrato em suas pirâmides alimentares tem impressionantes 89% a mais de risco de desenvolver demência quando comparados aqueles cujas dietas contêm mais gorduras. Similarmente, pessoas com maior consumo de gordura estão associadas com uma redução de até 44% no risco para demência e/ou desenvolvimento dela.

Obviamente, nem todas os tipos de gorduras são bons mas, garanto que alguns são mais benéficos que você imagina. A chamada “gordura boa” inclui a monossaturada que é abundantemente achada em azeite de oliva, amêndoas, avelãs, sementes de abóbora e abacate, e as polinssaturadas (omega 3 e omega 6) que são achadas em óleo de alga, sementes de sálvia, linhaça e nozes.

Porque estes alimentos foram abandonados ?

Nos anos 1970 e 80, as recomendações alimentares incluiam substituir a gordura saturada (como a banha de porco) pela gordura saudável mas isto não ocorreu e a mensagem foi perdida. Ao invés da orientação acima, foi-se cada vez mais apontando a gordura como vilã e reduzindo o consumo de absolutamente todas elas. E a troca foi feita por carboidratos..

Atualmente com mais de 5 milhões de americadnos vivendo com a doença de Alzheimer, muitos pesquisadores estão avaliando quais tipos de gordura podem auxiliar na prevenção de demência. E o resultado de estudos prévios apontam que o consumo adequado e regular de gordura monoinsaturada e polinsaturada melhoram a cognição e a memória e aumentam a produção e liberação de acetilcolina que é um neurotransmissor crítico para o aprendizado e memória. A perda da acetilcolina no cérebro tem sido associada com a Doença de Alzheimer.

Obviamente, uma dieta balanceada e rica em frutas e legumes ainda é a melhor forma de se manter saudável. Mas é bom que se saiba que é necessário incluir a gordura e que isto não irá lhe matar. De fato, a gordura irá lhe ajudar a viver uma vida mais saudável e produtiva.

Desejando-lhe uma vida saudável,

Dr. Mauro Jr.

Como comer menos açúcar

O ano já começou e, para você que precisa destes “disfarces”, é a hora ideal para livrar-se de um dos piores vícios dos dias atuais : o açúcar.

Tão danoso quanto o cigarro, o álcool ou a cocaína, o açudar causa inúmeras mudanças em seu metabolismo que levam, em algum momento, a diabetes, neuropatias, obesidade e alergias diversas. E estas nem são todas as consequências.

Então, para você que quer uma nova meta, tente estas 5 formas e verá a melhora significativa em sua saúde.

Reduza o consumo de refrigerantes

Sim, o refrigerante é um dos piores vilões quando tratamos do vício em açúcar . Uma lata tem aproximadamente 50 gramas de açúcar puro que torna-se gordura quando ingerida. Inicie a redução primeiro bebendo menos de cada lata e em seguida o número de dias que consome até parar completamente!

Coma mais fibras

As fibras tem um importante papel na regulação do metabolismo e da digestão incluindo a melhor “gestão” do açúcar pelo corpo. Procure colocar alguma fibra no café da manhã (por exemplo na salada de fruta)ou em seu shake proteico pre/pós treino durante a noite. Além de benéfico, irá reduzir seu desejo por doces .

Coma salada

Eu sei, você é daqueles que não considera salada uma refeição… Faça o seguinte : coma um prato de salada/vegetais antes do almoço e do jantar. Você ganhará mais energia e reduzirá a quantidade de carboidratos do prato principal além de obter inúmeras vitaminas ao ingerir salada crua.

Melhore seu prato

E já que falamos de comida, que tal mudar também o prato principal ? Reduza a quantidade de alimentos calóricos e pouco nutritivos como os congelados e pre-fabricados e substitua-os no almoço por peixe ou carne magra (proteína), arroz integral ou batata doce (carboidratos ) e abacate (gordura). Garanto que irá lhe satisfazer e acabar com aquela moleza e sonolência após o almoço..

Tenha substitutos

Ao mudar sua dieta e reduzir gradativamente a quantidade de açúcar, é possível que você tenha fome até adaptar-se. Trate isto tendo opções saudáveis em sua casa e no escritório como frutas, goiabada, Barras de cereal ou faça cookies integrais com sua família ! Vocês estarão mais próximos e o valor será mais facilmente percebido .

Bem, desejo-lhes um ano novo com muita paz e com hábitos saudáveis !

Dr. Mauro Jr.

Comer bem !

Como comer bem e não engordar.

Nos últimos posts do blog, falamos muito do que não comer e não fazer na alime tacão saudável. Mas, o que comer e como comer também são de suma importância no processo de melhora da sua qualidade de vida. Já falamos que as principais classes de alimentos são a proteína, gordura e o carboidrato. Sabemos também que nestes alimentos encontramos os exemplares bons e aqueles ruins.

Um exemplo rápido e que certamente atinge você e sua família quase todos os dias pela manhã : manteiga ou margarina ? Ou nenhuma delas ?

Até pouco tempo atrás, a manteiga era considerada uma das maiores vilãs no combate ao colesterol alto e à aterosclerose mas hoje já sabemos que ela pode e deve ser consumida corretamente. É uma fonte importante de gordura animal diferentemente da margarina … A margarina é -praticamente- resina plástica. Sim, você leu direito: a margarina tão popular é totalmente sintética e contém aditivos e conservantes que só fazem prejudicar sua saúde.

Esqueça a margarina e vá de manteiga.

Outros alimentos que são fonte de gordura de boa qualidade : 1. Abacate 2. Óleo de côco 3. Azeite extra-virgem 4. Nozes e castanhas 5. Gema do ovo 6. Carne

O primeiro alimento que você deve retirar da sua alimentação cotidiana é o delicioso pão branco. Aliás, a expressão pão branco não poderia ser melhor, já que ele é fabricado após retirar-se tudo de mais nutritivo do trigo ao contrário do pão integral que possui muito mais substâncias aproveitáveis pelo nosso organismo. E já que falamos de pão, mesmo que ele seja o integral, você precisa tomar cuidado com a quantidade de calorias e lembrar que ele é um carboidrato.

Pão branco, não ! Pão integral, com parcimônia !

Outros alimentos que você pode comer para equilibrar suas necessidades de carboidratos : 1. Frutas como a banana 2. Arroz integral 3. Batata doce 4. Batata comum 5. Feijão, lentilha.

A proteína deve ser nossa principal fonte de energia, e é formada por aminoácidos que são muito importantes nas reações metabólicas do organismo. Além disto, a proteína requer maior consumo calorico para ser processada, elevando de certa forma nosso metabolismo. Entretanto, como todo alimento também não deve ser consumido erroneamente. Carnes gordurosas como o cupim (daquela churrascaria que você tanto gosta ) devem ser riscadas de uma boa alimentação. Dê preferência para :

  1. Frango sem pele
  2. Peixe variados
  3. Carne vermelha magra (sem gordura em volta)
  4. Ovo

Um bom prato deve conter ao menos os alimentos citados acima. Uma boa regra para montar seu prato e tentar colori-lo com os vegetais e acrescentar uma fonte de gordura e outra de proteína ao menos 1x ao dia (ou mais se você praticar treino pesado).

No próximo post falaremos um pouco sobre as porções consumidas e como distribuir seu ganho calórico ao longo do dia.

Saúde e paz a todos,

Dr. Mauro J Silva Jr | Medicina Interna e Preventiva www.drmaurojunior.com Blog : drmaurojunior.wordpress.com

Câncer de Mama e Mamografia

Ao abrir o resultado da mamografia, uma frase fechou minha garganta : “ tecido mamário muito denso” e a recomendação de procurar um médico tão logo fosse possível. Na ocasião, eu já sabia que mamas muito densas prejudicam a interpretação da mamografia e podem reduzir a sensibilidade do exame para detecção do câncer de mama.

Fiz mais de uma dúzia de mamografias, disse a paciente, e todas elas normais. Digo, agora descobri que as imagens eram de difícil interpretação. Isto porque o tecido mamário muito denso, aparece “branco” no exame. E tumores, também 😦

Um antigo professor meu de mastologia diria que é como procurar uma gota de leite na neve. Difícil.

Este assunto começou, como sempre, nos EUA. Embora a maioria das mulheres com esta característica tenham um apontamento no laudo do exame (obviamente direcionado ao médico que o solicitou), estas mulheres americanas tem recebido cartas dos laboratórios sugerindo que procurem seus médicos e revejam os exames. Tudo motivado por uma deputada americana que descobriu um câncer agressivo mesmo tendo mamografias anuais normais nos últimos 10 anos.

O que fazer diante desta notícia ?

Bem, é neste ponto que a medicina torna-se cinza… Não há uma recomendação sobre o que fazer nestes casos; alguns médicos sugerem outras formas de imagem como o ultra-som e a ressonância nuclear magnética. Mas, há dificuldade para convencer a fonte pagadora (seu convênio) a pagar por isto já que não há evidências que – ao fazer estes exames – a mulher viva mais. E, obviamente, a discussão não para por aqui. Ao fazer estes novos exames, há uma chance de detecção de outros nódulos, levando a realização de biópsias e punções desnecessárias. Mais custo e mais sofrimento.

Diante disto, você que está lendo, o que deve fazer ?

Procure seu médico e, se necessário, procure outros. As opções para detecção são múltiplas e irão variar conforme sua história e seu exame físico e complementar.

Desejo-lhe uma excelente semana, cheia de saúde !

Dr. Mauro Silva Jr.

5 motivos pelos quais você não perde peso !

#Porque sua dieta falha !

> Fato : uma pessoa normal ganha 10 kg para cada dieta que inicia e falha.

Pior do que este fato, quando elas perdem peso, perdem essencialmente *músculo* e *gordura*. Quando a dieta falha e elas ganham peso novamente, elas ganham de volta *gordura*. E, como a queima de calorias pela gordura é **7x** menor que pelo músculo, o metabolismo é naturalmente mais lento do que quando a dieta foi iniciada. O pior ainda está por vir, pois fechando este ciclo vicioso e cruel, a mesma pessoa precisará de menos calorias para manter o mesmo peso.

> Então, você deve conhecer alguém que está acima do peso mas garante que come pouco ? Ela provavelmente não está mentindo. Somente prejudicou enormemente seu metabolismo com as dietas *iô-iô..

Como expliquei no post anterior, os pontos cruciais (ou chaves) para perder peso e não ganhar de volta são dois :
– Reduzir seu apetite sem ficar com fome;
– Aumentar seu metabolismo de modo a queimar mais calorias ao longo do dia.

Infelizmente, o que a maioria das dietas provocam é exatamente **o oposto**, aumentam a fome e reduzem a taxa metabólica.

Abaixo, alguns bons motivos que explicam o porquê sua dieta está falhando.

##1. Você está usando força de vontade ao invés da ciência para controlar sua fome

Entenda algo desde o início : há toda uma ciência na fome. Infelizmente, a maioria das dietas te fazem comer menos e disparam o mecanismo da fome. Tanto quanto você não consegue segurar sua respiração por um período longo, você só conseguirá permanecer sem comer por um determinado período. Temos mecanismos muito antigos e poderosos para compensar e nos proteger da fome (ainda que conscientemente induzida). Nossa fome aumenta drasticamente, o desejo pelo alimento torna-se quase incontrolável e o metabolismo é reduzido para conservar energia. Nesta fase, ao comer determinados alimentos (light, alto teor de carboidratos ou refinados) leva a mais fome e reduz mais ainda o metolismo

>Princípio para o sucesso : tenha apetite

1. Coma o suficiente para satisfazer seu apetite mas usando alimentos recomendados
2. Coma proteína no café da manhã (não faça jejum de manhã!) e evite comer 3 horas antes de dormir.
3. Monte suas refeições de modo a ter uma taxa adequada de glicose no sangue e que mantenha sua insulina em níveis normais. Combine proteína, gordura e carboidratos de baixo valor glicêmico, como vegetais, frutas, grãos e leguminaceos, a cada refeição. Proteína, fibras e gordura reduzem os picos de insulina no sangue.

##2. Você está focado nas calorias

O antigo mantra que falamos anteriormente, coma menos e exercite-se mais como chave para perda de peso… Lembre-se que nem todas as calorias são iguais, algumas te fazem engordar enquanto outras a perder peso.
O que sabemos ao certo atualmente, é que os alimentos que levam a picos de insulina no sangue (açúcares, farináceos e até mesmo grãos e frutas em excesso) alteram nosso metabolismo. O que a insulina faz ? Capta toda a energia do alimento que acabamos de consumir e armazena nas células de gordura (os adipócitos), também conhecida como gordura visceral ou abdominal.

Desta forma, seu organismo pensa que você está *passando fome* mesmo que tenha acabado de comer um Donuts ou tomado 1 litro de refrigerante. E lembre-se : duas coisas acontecem quando o organismo pensa estar faminto.. Aumenta a fome e diminui o metabolismo.

Agora você já sabe, porque, mesmo quando come uma refeição enorme, sente fome pouco tempo depois e ataca a geladeira atrás de algo doce !

>Princípio de Sucesso : Calorias

1. Foque em alimentos de baixo índice glicêmico como base da sua alimentação. Sementes, nozes, castanhas, peixe, carnes magras, vegetais verdes, etc.
2. Use grãos e leguminaceos como o feijão e a lentilha de forma parcimoniosa. Mantenha um máximo de 1/2 xícara por dia.
3. Pense no açúcar como um medicamento – somente em doses pequenas. Açúcar é tudo igual, se você tiver que se perguntar se pode consumir, é porque não **deve**.
4. Elimine adoçantes artificiais.

## 3. Você está fazendo uma dieta pobre em gorduras.

A maioria das pessoas ainda acredita que evitando gema de ovo e comendo alimentos com baixo teor de gordura (light) irá fazer com que percam peso. Isto é uma idéia antiga e que já caiu por terra após inúmeros estudos de conceituados pesquisadores de Harvard e outros. Esta idéia baseava-se no princípio que 1g de gordura tem o dobro de calorias dos carboidratos de modo que ao cortarmos a gordura da dieta, perdemos peso !

Bem, basta olhar para o povo americano, o qual foi submetido à uma dieta pobre em gordura nos últimos 40 anos e hoje encontra-se mais obeso e com uma taxa maior de diabetes do que antes. Na verdade, 70% da população americana está acima do peso.

O pesquisador de Harvard Walter Willet é o grande responsável pela mudança que vivemos atualmente na concepção da perda de peso. A extensa revisão que ele realizou mostrou que NÃO é a gordura que faz com que tenhamos ganho de peso e sim o açúcar e os carboidratos. Um estudo ainda mais recente mostrou que pessoas cuja alimentação é vegana com maior percentual de gordura que carboidrato foi mais eficaz na perda de peso que uma dieta vegana com algo teor de carboidratos. Além de perderem mais peso, a taxa de colesterol sangüínea caiu em 10% em relação ao outro grupo.

Outro benefício da mudança de dieta com consumo adequado de gordura é o aumento do metabolismo em cerca de 300 calorias por dia. É como ter o benefício de correr 1h por dia sem sair do sofá ! A dieta da manteiga !

> Princípio para o sucesso : Gordura !

Não tenha receio da gordura.. Ela atualmente te faz aumentar o metabolismo e te ajuda a perder peso. Sério !
Coma gordura de boa qualidade nas refeições, como abacate, ovo, manteiga, nozes.. Outra fonte importante de gordura é a gordura animal de boa qualidade como peixes, peito de frango, ovos orgânicos, sardinha, salmão dentre tantos outros.

## 4. Você tem um problema de saúde e não sabe.

Além dos erros de dieta e falta de exercícios, há outras razões que afetam seu peso e seu metabolismo. A maior delas é a inflamação. A inflamação relacionada a mecanismos que controlam o peso através do aumento da resistência à insulina é a pior delas.

Quais são as principais causas de inflamação ?

1. Alergia ao açúcar
2. Alergia ao Glúten ou derivados do leite. Antes de tentar mudar para alimentos livres de glúten como bolos e bolachas, lembre-se que um bolo livre de glúten ainda é um bolo. Isto quer dizer que ainda contêm elevados teores de açúcar, carboidratos refinados e cereais de milho.
3. Desequilíbrio da flora intestinal, causada pelo excesso no consumo de açúcar, carboidratos refinados, etc
4. Toxinas em alimentos.

>Princípio para o sucesso : Encontrar causas escondidas para ganho de peso.

## 5. Você não tem um plano.

Uma boa saúde não é algo que aconteça por acaso. É necessário que você faça um planejamento da mesma forma que faz com suas férias ou aposentadoria. Isto faz com que você não crie condições para o sucesso!

Você é quem deve criar condições para isto acontecer de modo mais tranquilo – tendo os alimentos necessários e corretos em casa e planejando sua rotina diária de alimentação e exercícios. Com isto você reduz em muito a chance de comer “bobagens” e ter preguiça na hora de se exercitar.

Faça seu próprio planejamento, inclua seus amigos ou participe de grupos de corrida, por exemplo. Ter alguém te estimulando é uma grande arma na luta para uma vida saudável !

>Princípio de sucesso : tenha planejamento.

Espero ter te ajudado com estas 5 dicas. Acompanhe o blog para mais detalhes sobre o retorno da gordura à alimentação !

Desejo-lhe sempre o melhor,

Dr. Mauro J Silva Jr

5 mitos sobre comida e regime !

5 mentiras sobre alimentação …

Quando se trata de perder peso, você pode encontrar inúmeros livros, sites e principalmente blogs e vlogs sobre o assunto. Eu li muitos e muitos deles e, como médico, posso lhe garantir : a maioria é terrivelmente ultrapassada e sem qualquer fundo científico. Na verdade sem qualquer fundo de verdade. Sem mais delongas, vou tentar esclarecer alguns “mitos” sobre alimentação e te livrar deste corpo doente e pesado 🙂

Mentira #1: Calorias são todas iguais !

Às vezes pergunto em aulas, palestras ou para meus pacientes : 1000 calorias de aspargos são iguais à 1000 calorias de refrigerante ? E, pasmem, a maioria das pessoas me responde com um sonoro ” Sim” !

A maioria das pessoas tem uma idéia que, basta queimar mais calorias que consumir, e o milagre está feito. Esta idéia é idiota e completamente ERRADA. 100% errada. Muito errada. Veja o que a maioria dos gurus das empresas que lidam com pacientes crônicos diz, e ouvirá o mantra : basta comer menos e fazer mais exercícios. O governo também te diz isto. Então porque os americanos continuam obesos após todos estes anos aplicando tal regra nos últimos 30 anos ? 

A verdade é que temos as calorias boas e as más; e o problema todo é mais complexo do que uma equação matemática.

Quando nós comemos, o alimento interage com nosso sistema biológico, um sistema altamente complexo e que transforma instantaneamente cada pedaço de comida que você morde. Cada uma destas pequenas mordidas (ou grandes, certo ?) afeta nossos hormônios, nossa química cerebral (olá, serotonina!) e metabolismo.

Não entendeu ? Pense assim : as calorias do açúcar causam armazenamento de gordura e “fome de doce”, enquanto que calorias  de proteínas e gordura promovem queima de gordura. Sim, como em tudo, qualidade vale mais que quantidade.

Então você aí no sofá irá me perguntar : Quais calorias são de boa qualidade ? Bem, você sabe a resposta.. Alimentos integrais, frescos, proteína animal não processada, ovos orgânicos, peixes não criados em cativeiro (selvagens..), sementes, grãos integrais.  E quanto aos carboidratos ? Bem, quanto mais coloridos e vibrantes os vegetais, melhor ! E as gorduras ? Abacate, óleo extra-virgem, côco, e outros alimentos ricos em ômega-3 e ômega-6.

Concentre-se neles, será mais fácil.

Mentira #2: Se perder peso muito rapidamente, rapidamente irá ganhar de volta.

Para ficar claro : é como dizer que se ganhar na loteria, perderá todo o dinheiro rapidamente. Bullshit ! Eu sei, todo mundo diz isto, sem segredos, um quilo por semana, etc,etc.. Errado, inocente. Posso te passar uma dezena de estudos (sérios) que mostram que um início vigoroso leva a maior perda de peso ao longo do tempo. Se você conseguir “resetar seu metabolismo” com uma desintoxicação de açúcar, comida processada e toda a sorte de bobagens, será muito mais fácil para seus hormônios e para sua química cerebral sustentar as modificações. 

A melhor estratégia, a chave, é ter uma dieta saudável que impeça seu corpo de entrar naquele estado de não-saciedade. Vejo isto o tempo todo com quem leva a sério. E, se você efetivamente vê os resultados, isto te inspira a continuar. Tenho uma colega de trabalho – a quem expliquei isto tudo – que perdeu 13kg em um mês e continua perdendo..

Mentira #3: Basta força de vontade.

Tão ridícula quanto o que falei acima sobre a loteria, é a desinformação orientada pelo governo e pela indústria alimentícia. 

O mantra repetido exaustivamente é : coma menos e faça mais exercícios. Uma mensagem implícita nesta idéia, é que você é uma vaca gorda. Sim, somos todos gordos e doentes porque somos comilões inverterados e preguiçosos.

Dai basta parar de encher a cara com bobagens, levantar do sofá e mexer nossos traseiros que iremos perder peso. É praticamente uma falha moral, de caráter.. Quanto absurdo num parágrafo !

Por favor, ouça-me nesta parte : se você tentar controlar seu apetite com força de vontade, você irá falhar. Feio. Isto pode até funcionar no início, mas a falta de calorias adequadas às suas necessidades irá disparar um mecanismo de compensação que diminui seu metabolismo e aumenta absurdamente seu apetite. Isto não irá se sustentar. É como se eu lhe pedisse para segurar sua respiração por 15 minutos. Por maior que seja sua força de vontade, não vai acontecer (a menos, é claro, que você esteja morto). 

Nesta altura do campeonato, seu paladar, sua química cerebral e seu metabolismo já foram “danificados” pelo açúcar e por alimentos processados e sua força de vontade -isolada – não irá mudar isto. Você provavelmente não sabe, mas é viciado em açúcar e carboidratos refinados ou processados, e tentar mudar isto com força de vontade não irá durar muito tempo. Você terá que “resetar” seu metabolismo de forma que seu corpo se auto-regule e o apetite descontrolado desapareça juntamente com a sensação de não-saciedade. 

Mentira #4: Refrigerante diet é melhor que o normal.

Vou ser simplista aqui. Para mim, refrigerante significa “líquido da morte”. Por analogia, refrigerante diet significa “Liquido da Morte Diet” – piorado.

Em um estudo que li recentemente com mais de 60.000 mulheres, os pesquisadores descobriram que refrigerantes diet aumentam o risco de diabetes tipo 2 MAIS do que os refrigerantes normais. Algo como 33% a mais.

A verdade que ninguém lhe conta é que os refrigerantes diet diminuem seu metabolismo e te deixam mais faminto por açúcar e carboidratos. Além de alojarem-se com toda sua sutileza no seu abdômen. Se você pensa seriamente em perder peso, fuja dos refrigerantes, dos refrigerantes diet e dos adoçantes artificiais. Se você realmente precisar de açúcar no seu café, coloque uma colher de mascavo. Entenda que, mais do que o açúcar que você adiciona à sua dieta, é o açúcar que a indústria adiciona na sua comida que te causa tantos problemas.

A dependência e a alergia ao açúcar são conhecidos e descritos pela literatura médica desde a década de 1950 com pouca divulgação mas com muitas consequências ruins no médio e longo prazo.

Mentira #5: Alimentos light ou sem gordura são bons para você.

A loucura em torno dos alimentos sem gordura dos últimos 30 anos, encontra paralelo no aumento dramático da obesidade e diabetes tipo 2. Quando as companhias alimentícias dos EUA retiraram a gordura dos alimentos (seguindo o conhecimento da época), eles a substituíram por açúcar, adoçantes artificiais, xarope de milho.  Entendeu ? Assim, mais e mais anos de dependência foram garantidos até agora. Enquanto você corta todo tipo de gordura (até do abacate) e preocupa-se com todas as calorias, você come mais e mais açúcar e carboidratos refinados. E fica mais gordo e doente. Simples assim. 

A outra loucura mais recente é a dos  “grãos integrais” adicionados aos alimentos processados e divulgados nas embalagens como se fossem sua salvação.. Você é rapidamente convencido que uma torta de frango congelada e processada é saudável. Sério mesmo ? 

Sabe as propagandas americanas das crianças comendo cereais no café-da-manhã ? 75% daquilo é açúcar. Dai coloca-se um pouco de granola e, voilá ! Isto não deveria ser chamado de café da manhã, e sim de sobremesa de tanto açúcar que contém. E você alimenta seus filhos com cereais achando que está fazendo algo de bom para eles. De fato, você os está matando. 

Lembrando do que falei sobre as embalagens, deixo uma última dica para você : se a embalagem contém qualquer referência à saúde, provavelmente não lhe fará bem.

Para saber mais sobre perda saudável de peso, alimentação balanceada, exercícios que compensam, acompanhe o blog semanalmente . Em breve, um post novo sobre a nova ordem alimentar e a dieta dos franceses.

Até a próxima e saúde,

Dr. Mauro J Silva Jr.

 

Pais e Filhos

image

Logicamente, este post tem nada a ver com o tema central do Blog. Em parte, certo ? Cuidar da saúde do semelhante envolve quebrar o paradigma de “ir ao médico quando se está doente” e sim cuidar dos aspectos físicos , emocionais e do meio que cerca o paciente.

Vi há pouco, jantando um pai acompanhado do filho. Ambos compenetrados nos smartphones;  que desperdício para ambos. O filho, antes que me questionem tem menos de 10 anos e certamente não tem nada de urgente para ler e o pai …

Todos temos falhas e desvios mas sempre é tempo de repensar as pequenas atitudes do cotidiano.

Hello

” Bora ? “

Se você chegou até aqui deve, provavelmente, procurar informações sobre dietas e afins … Então não custa relembrar que :

Arthur

– ZERO mágica;

– ZERO perda de peso milagrosa ou só com vontade Divina;

– ZERO fórmula-mágica-do-farmacêutico;

 

Estando eu e você de acordo, espero que curta está nova fase do blog.